IX Conferência em Mediação Intercultural e Intervenção Social “Vivência(s), Convivência(s) e Sobrevivência(s) em Contexto de Pandemia: Relatos e Experiências”

Fecha: 
11/26/2021
Fecha de finalización: 
11/27/2021

Segundo Fernanda Rodrigues (1999) o conceito de política social define-se, por exemplo, pelo conjunto de
áreas (saúde, segurança social, habitação), pelos problemas a que se dirige (delinquência, desemprego,
pobreza), pelos grupos-alvo (pobres, crianças, idosos, pessoas com deficiência) e, ainda, por objetivos de
valorização humana e promoção social. Desta forma, podemos entender as políticas sociais como o conjunto
de medidas implementadas por um governo, com o objetivo de melhorar as condições de vida dos cidadãos.
A pandemia por Covid-19 veio acentuar problemas sociais pré-existentes e originar novas situações de
vulnerabilidade social. O período de confinamento trouxe, por parte do Governo português, a adoção de
diversas medidas específicas com o intuito de minimizar os efeitos colaterais da pandemia, relacionados com
a enorme perda de receita devido aos problemas provocados pela deterioração do tecido económico. Por
esta razão, o Governo apresentou no Parlamento um orçamento suplementar em junho de 2020, que viria a
ser aprovado.
Com esta comunicação pretendemos fazer uma análise documental, registando as principais medidas
implementadas pelo Governo português para fazer face às necessidades dos cidadãos durante a pandemia
nas áreas do emprego, habitação, saúde, educação e inclusão social.